Notícias


28/08/2019 20:22:27 - 28 de Agosto, Dia do Voluntariado: Campanha de Combate ao Câncer atua na Santa Casa de Araçatuba há 60 anos

por Antônio Crispim- O Liberal Regional

A Campanha de Combate ao Câncer atua na Santa Casa de Araçatuba há 60 anos. Foi criada com o objetivo de apoiar pacientes com câncer. O grupo foi inspirado no trabalho da Fundação Antônio Prudente, que durante muitos anos teve à frente Carmen Prudente. Com dezenas de voluntárias, o a Campanha de Combate ao Câncer tem trabalho subdividido. Há as pessoas que trabalham na arrecadação e organização de evento e aquelas que atual diretamente no atendimento aos pacientes. São oito mulheres que fazem este trabalho três vezes por semana.

Segundo Rachel Foizer Sagarbsa, a Campanha tem a feijoada anual como uma das principais fontes de renda. No entanto, há contribuições mensais e "sempre aparece alguém para uma doação espontânea", diz a presidente, explicando que todo o trabalho é registrado e há até um escritório de contabilidade contratado para fazer o trabalho.

Sempre com um sorriso no rosto e tratando os pacientes pelo nome, o que revela conhecimento, dona Rachel trabalha na distribuição de produtos, basicamente suplementos alimentares e medicamentos. Além disso, fornecem requisição para a Rede de Farmácia Princesa. "Tudo é fornecido mediante prescrição profissional, de médico ou nutricionista", explica a voluntária Rachel.

O foco do trabalho da Campanha Feminina é os pacientes atendidos no Centro de Tratamento Oncológico (CTO) - quimioterapia e também do Centro de Radioterapia. No caso de adultos, o trabalho é direcionado aos pacientes de Araçatuba. Porém, isso não significa que alguém que precisa muito, deixa de ser atendido pelo menos uma vez, mesmo morando em outra cidade. Já todas as crianças são atendidas, independente de onde moram.

Atualmente a Campanha Feminina está com 2.015 pacientes cadastrados e 36 crianças atendidas. Além de medicamentos, suplementação alimentar e outros produtos de uso do paciente, a Campanha está colaborando na reforma de dois quartos do hospital. O investimento é de R$ 80 mil.
Na segunda-feira estavam trabalhando no atendimento Rachel Foizer Sgarbosa, Fernanda Soares Villela, Monique Lopes, Maria Goreti Sundfeld Goulart, Emiliane Zepponi, Renata Benez Rocha, Sueli Martinho dos Santos e Maria Tereza Marques.

(AC)

Compartilhe: