Notícias


12/05/2022 15:44:52 - Semana da Enfermagem é aberta com solenidade e palestra

Com a participação de aproximadamente 100 profissionais e diretores da instituição, a Santa Casa de Araçatuba abriu na manhã desta quinta-feira a Semana da Enfermagem 2022. O evento foi organizado pelo Núcleo Segurança do Paciente e Departamento de Educação Continuada e Permanente para comemorar o Dia do Enfermeiro e o Dia Internacional da Enfermagem que ocorrem neste 12 de maio.

O evento de hoje, foi aberto com solenidade da qual participaram o provedor Petrônio Pereira Lima, o conselheiro Fabio Blaya, representando o presidente do Conselho de Administração, Clemente Cavassana; o diretor clínico Célio Mori;

O diretor técnico, Carlos Mori; e a enfermeira Ana Paula Mazzini, responsável técnica do corpo de Enfermagem da Santa Casa de Araçatuba e representante dos colaboradores no Conselho Administrativo.

Também participaram da mesa as colaboradoras Valéria Pereira da Fonseca Souza, auxiliar de enfermagem, representando todos os auxiliares de enfermagem que atuam no hospital; Lucimara Bruno Moura, representando todos os técnicos de enfermagem da Santa Casa; e a enfermeira Cybelle Aparecida Pimentel Gualberto, representando todos profissionais de enfermagem que atuaram nas linhas de frente do enfrentamento ao coronavírus.

A solenidade foi aberta com apresentação da orquestra da Congregação Cristã no Brasil, da qual fazem parte o violonista Luciano Aparecido Alcântara e João Batista que trabalham na equipe de enfermagem da Santa Casa de Araçatuba.

O ancião Nelson, da denominação, orou com os participantes em agradecimento a Deus pelo trabalho que todos realizam e pelo novo tempo pós-pandemia.

As dificuldades enfrentadas pelas equipes de enfermagem que atuaram nas linhas de frente de atendimentos a pacientes relacionados à contaminação pelo coronavírus foram temas de depoimentos prestados por duas colaboradoras e médicos que atuaram nas linhas de frente nos vários picos da pandemia:  Aliandra Gobi (pediatra plantonista do Pronto Socorro e da UTI Neonatal e Pediátrica);Francisco Bertoz (plantonista da UTI Adultos e Pronto Socorro); e Luiz Claudio Lima (intensivista e responsável técnico pelas UTIs Respiratória e Geral Adultos e pelo Hospital do Rim).

Durante o evento foi prestada homenagem póstuma por integrante da enfermagem do hospital que faleceram nos últimos dois anos por covid e causas diversas.

Os profissionais também tiveram a oportunidade de assistir palestra proferida pelo psicólogo e doutor em Neuro Ciências Rui Mateus Joaquim que falou sobre o tema  “Neurobiologia do Estresse: Orientação de proteção contra o adoecimento psicológico. 

O evento foi encerado com uma esquete teatral apresentada pelo colaborador André Aparecido Pereira; sorteio de brindes e café da manhã.

Diretores enaltecem trabalho da equipe

Em sua fala, o conselheiro Fábio Blaya Martinez ao parabenizar e agradecer o empenho de todos os enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem reportou pensadores que ao longo da história, definiram a Enfermagem como é a arte de cuidar incondicionalmente; cuidar de alguém que você nunca viu na vida, mas mesmo assim, ajudar e fazer o melhor por ela.

“Não se pode fazer isso apenas por dinheiro. Isso se faz por e com amor. Ele enfatiza que: “O Enfermeiro é aquele que cuida e dá amor nas horas que precisa sem ao menos conhecer aquela pessoa. Zela pelo seu bem estar em todas as etapas do tratamento. Nada mais merecido do que um dia dedicado a vocês. Ser profissional de enfermagem é carregar sobre os ombros a missão de cuidar do outro, dando tudo de si para aliviar dores e os sofrimentos das pessoas”, discursou Martinez, que também é superintende do Santa Casa Saúde Araçatuba.

Ao  falar sobre a importância do trabalho dos 972 profissionais de enfermagem que atuam no hospital e destacar a  gratidão da diretoria, dos conselhos de Administração e Fiscal  e das milhares de pessoas atendidas anualmente pela Santa Casa de Araçatuba, o provedor Petrônio  Pereira Lima  disse que “ enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem exercem o cuidar, visando as múltiplas dimensões do ser humano”, incluído,  “ o  planejar uma assistência baseada em evidências e ter empatia na realização de suas ações”.

Para o provedor, “a isso se dá o nome de: encontro entre a humanização e a ciência. Essa relação é o algo mais que faz a diferença nos tratamentos e garante o bem estar dos pacientes.   E somente quem escolheu cuidar tem essa essência que reúne na medida da necessidade de cada paciente, doses de zelo, amor e compaixão”.

Petrônio Lima rememorou que sua diretoria que está há dois mês à frente da gestão do hospital, “desde o início estabelecemos como prioridade, oferecer o ambiente de relacionamento saudável almejado pelos colaboradores e a cada dia estamos investindo para melhoria do bem-estar de nossa equipe de trabalho”.

 

 

 

 

 

 

Compartilhe: